Protocolo NAT

NAT (Network Address Translation)

Devido a popularização da internet na década de 90, tornou-se óbvio que os endereços ipv4 iriam rapidamente se esgotar. Alguns recursos foram criados para retardar essa escassez, e o NAT foi um deles.

O NAT se consiste basicamente em converter endereços ip privados (endereços ip inválidos, como 192.168.1.1, 10.0.0.1, 172.16.10.1…) em endereços ip públicos, roteáveis na internet.

Para o NAT funcionar a contento, todos os roteadores públicos descartam endereços ip privados, assim, em uma rede interna, com a ajuda do NAT, esses endereços podem ser traduzidos para endereços públicos, podendo se comunicar com a internet.

Os três principais tipos de NAT no IOS são: Estático, Dinâmico e PAT. A seguir a sintaxe de configuração de cada um deles.

NAT Estático

  • Definir a interface na qual os pacotes serão traduzidos (inside local)
  • Definir a interface na qual os pacotes serão enviado a rede pública (inside global)
  • Definir o mapeamento estático endereço privado – endereço público

Router(config)#interface fastEthernet 0/0

Router(config-if)#ip nat inside

Router(config)#interface serial 0/3/0

Router(config-if)#ip nat outside

Router(config)#ip nat inside source static 192.168.1.1 200.0.0.1

Router(config)#ip nat inside source static 192.168.1.2 200.0.0.2

Router(config)#ip nat inside source static 192.168.1.5 200.0.0.5

Router#show ip nat translations

Pro  Inside global     Inside local       Outside local      Outside global

—  200.0.0.1         192.168.1.1        —                —

—  200.0.0.2         192.168.1.2        —                —

—  200.0.0.5         192.168.1.5        —                —

NAT Dinâmico

  • Definir a interface na qual os pacotes serão traduzidos (inside local)
  • Definir a interface na qual os pacotes serão enviados a rede pública (inside global)
  • Definir uma ACL com os endereços ips privados
  • Definir um pool com o intervalo de endereços ips públicos

Router(config)#access-list 1 permit 192.168.1.0 0.0.0.255

Router(config)#ip nat pool pool-public 200.0.0.1 200.0.0.200 netmask 255.255.255.0

Router(config)#ip nat inside source list 1 pool pool-public

Router#show ip nat translations

Pro  Inside global     Inside local       Outside local      Outside global

—  200.0.0.1         192.168.1.1        —                —

—  200.0.0.2         192.168.1.2        —                —

—  200.0.0.5         192.168.1.5        —                —

icmp 200.0.0.3:3       192.168.1.6:3      192.168.2.2:3      192.168.2.2:3

Obs.: Repare que o pool de endereços ips públicos pode ser menor que o intervalo de endereços privados.

PAT

  • Definir a interface na qual os pacotes serão traduzidos (inside local)
  • Definir a interface na qual os pacotes serão enviados a rede pública (inside global)
  • Definir uma ACL com os endereços ips privados
  • Configure comando ip nat inside source list [acl-number] [interface] [interface-name] [overload]

Router(config)#access-list 1 permit 192.168.1.0 0.0.0.255

Router(config)#ip nat inside source 1 interface serial 0/3/0 overload

Router#sh ip nat translations

Pro       Inside global              Inside local         Outside local          Outside global

icmp    200.0.0.251:1025       192.168.1.2:3     192.168.2.1:3         192.168.2.1:1025

icmp    200.0.0.251:1024       192.168.1.5:3     192.168.2.2:3         192.168.2.2:1024

icmp    200.0.0.251:3             192.168.1.6:3     192.168.2.100:3     192.168.2.100:3

icmp    200.0.0.251:4             192.168.1.6:4     192.168.2.100:4     192.168.2.100:4

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s